Enfermagem

 Alunos do Curso de Enfermagem da Faculdade Fadam.

O futuro da Enfermagem

 

Exigência de qualificação será cada vez maior

Publicado em 17/12/22018 - Fonte: O Dia - coluna  Profissão Certa por Chico Alves

 

Pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que a área de saúde tem cerca de 3,5 milhões de trabalhadores. Nada menos que 50% desses são compostas por profissionais de enfermagem, dentre técnicos, auxiliares e enfermeiros. Com tanta concorrência, como se destacar nessa carreira?

 

O principal é buscar qualificação. Atualmente, só 23% dos profissionais da área têm alguma graduação. É no Ensino Superior que os estudantes lidam com uma grade curricular cada vez mais multidisciplinar, com matérias como Anatomia, Biomedicina, Bioquímica, Genética, Administração e até Ética.

 

A enfermagem do futuro terá ênfase em especialidades como ostomia, terapia intensiva, obstetrícia, psiquiátrica, enfermagem do esporte, do trabalho, gestão de projetos e pesquisa clínica.

 

Em alguns anos, será cada vez mais comum encontrar profissionais atuando na área administrativa, de ensino, de gestão e pesquisa em enfermagem.

As universidades e cursos técnicos já têm preparado os seus estudantes para encarar esse cenário e buscarem uma nova perspectiva profissional, com conteúdos mais complexos e ensino de temas que envolvem gestão de pessoas, humanização, hospitalidade no atendimento, administração e também ética.

 

Com o aumento da expectativa de vida, a saúde da família e os serviços domiciliares (home care) são tendências crescentes na enfermagem do futuro. O trabalho nesses nichos profissionais também será aliado ao de médicos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos e até psicólogos. Esses profissionais serão responsáveis por preparar toda a ambientação dos pacientes em seu lar, auxiliar familiares nos tratamentos, cuidar da infraestrutura e garantir que eles passem o menor tempo possível nos hospitais, onde ainda podem ficar mais expostos a infecções.

 

Apesar da crise, o grande empregador de enfermeiros no Brasil ainda é o setor público, nos níveis federal, estadual e municipal, com cerca de 70,1% das vagas disponíveis. No entanto, a previsão para o futuro é que a rede particular se expanda. Esse cenário garantirá mais vagas, um equilíbrio numérico entre os setores público e privado e o aumento da garantia de que profissionais qualificados tenham oportunidades de sobra.

 Parágrafos abaixo incluídos pela Fadam:

Sintonizada com as mudanças em curso a Faculdade Fadam contempla no curso de enfermagem projetes interdisciplinares que integram o conteúdo aprendido em projetos de iniciação científica em áreas estratégicas para saúde e na região de inserção da faculdade (Maracanaú).

 

Outro aspecto fundamental é a qualidade e a complexidade das unidades de saúde onde será realizado o estágio do curso. Maracanaú com duzentos mil habitantes e polo industrial constitui-se numa excelente região para realização do aprendizado prático do enfermeiro por meio do estágio supervisionado. A Faculdade Fadam é parceira conveniada com a Prefeitura de Maracanaú.